quarta-feira, maio 24, 2006

DEUS AJUDA QUEM MADRUGA

Um padre e um rabino foram assistir a uma luta de boxe.

Antes do início da luta,
um dos lutadores se benzeu, isto é, fez o sinal da cruz.
O rabino virou-se para o padre e perguntou:
- O que significa aquilo?,
ao que o padre respondeu de imediato:
- Absolutamente nada, se você não souber lutar!

Isso me fez lembrar outra história.

Aquela do pastor que comprou um pequeno sítio,
bem deteriorado e mal cuidado.
Durante várias semanas, em seus dias de folga,
o pastor se dedicou a colocar a casinha de campo em ordem:
levantou as cercas, aparou a grama, cortou o mato,
caiou as pedras no contorno da estradinha de entrada,
pintou paredes, trocou janelas, fez reparos no alpendre,
e aos poucos a casinha foi ganhando vida e luz.
Lá pelas tantas, o vizinho fez uma visita ao pastor e,
desejando ser simpático, foi logo elogiando:
- Muito bem reverendo, o senhor e Deus fizeram um bom trabalho!
O pastor emendou de pronto:
- O senhor precisava ver como era
no tempo em que Deus cuidava disso aqui sozinho!

Acho que foi John Wesley,

um metodista que viveu na Inglaterra do século XVIII
quem disse que devemos orar como se tudo dependesse de Deus
e trabalhar como se tudo dependesse de nós.

Faz sentido!

© 2006 Ed René Kivitz



li este post no blog:

  • Espiritualidade&Religião

  • Confere!




    3 conversando:

    Lou disse...

    O Ed é mesmo muito pragmático. Oro para que ele nunca sofra.

    Vilma disse...

    :))

    Vivendo a Vida! disse...

    Foi Jhon Wesley sim... E estava certíssimo...
    Como queremos ter alguma coisa, se não fizermos nada por isso???
    Só orar não adianta. Temos que ter atitude...