quinta-feira, junho 16, 2005

sexta-feira

Sexta-feira
Ricardo Gondim

Na sexta-feira, a surpresa da má notícia.
Na sexta-feira, o contrapé da distância.
Na sexta-feira, o sabor da morte.
Na sexta-feira, a certeza de não continuar ausente
.Na sexta-feira, a solidariedade do horror.
Na sexta-feira, o foco distorcido.

No sábado, um enterro.
No sábado, um vazio de nada.
No sábado, um caminho para longe.
No sábado, uma memória suja.
No sábado, uma noite insone.

No domingo, uma madrugada hesitante.
No domingo, uma notícia incrível.
No domingo, uma carreira precipitada.
No domingo, um grito desabafado.

2 conversando:

JOINCANTO disse...

Graças a Deus pelos "Domingos" na nossa vida!

Vilma disse...

Gosto de pensar que neste momento, enquanto Jesus não volta, vivemos no Sábado... esperamos com expectativa o glorioso "Domingo"!