quarta-feira, junho 07, 2006

Ontem orei por ti

Há certos momentos em que não encontramos nenhuma outra palavra,
ou nenhum outro conforto sem ser na oração.
Tenho descoberto neste divertido mundo da blogesfera
pessoas muito, muito interessantes.
Que não receiam a crítica,
não se escondem em palavras politicamente correctas...
expressam de forma transparente suas almas.
Lembrei-me de um post dou Lou na gruta
a falar sobre os temas que queremos colocar e desenvolver...
e foram outros dois que engavetei, porque queria falar,
desabafar aqui o que trazia em mim.
Hoje foi um dia (apesar de já ser o dia de amanhã..., ainda falo da terça-feira)
em que não consegui deixar comentários de encorajamento,
pois todas as palavras me pareciam, poucas, ou sem significado,
ou melhor, não conseguiam traduzir o que sentia no coração.
Durante todo a tarde, lembrei-me de orar.
orar por ti, que escreves, e permites que eu partilhe a tua vida.
orar por aqueles que aqui vêm parar, por um link, por um click, por um google...
e apenas queria dizer-te isto.
Ontem eu orei por ti!

Eu pouco ou nada posso fazer para te ajudar,
Mas Deus, este sim, tem todo poder,
conhece teu coração,
os teus pensamentos melhor do que qualquer um,
e Ele, Ele pode.
N'Ele confio.
e a Ele confiei a tua vida...
para que o teu dia de hoje seja diferente do de ontem,
para que tua angústia encontre a paz,
para que tuas preocupações encontrem a esperança,
para que a tua dor encontre o consolo,
para que a tua doença encontre a cura,
para que a tua alegria encontre a felicidade eterna.
Deus te abençõe.

4 conversando:

Vivendo a Vida! disse...

Obrigada pelas orações, eu me incluo aí...
Muitas vezes também não consigo comentar, ou falar alguma coisa, um palavra de apoio, de ânimo...

Vilma disse...

Obrigada.. recebi a oração ! De coração! Paz sobre ti querida!

Lou disse...

Suas orações estão chegando lá nos céus. Pode estar certa. Hoje mesmo, (dia 7) pude presenciar portas inesperadas se abrindo. Deus te abençoe.

Paula disse...

Querida Flávia, e assim estás a ser uma grande ajuda... uma coisa que tenho aprendido é que quando eu me sinto sem palavras e incapaz, essa é a melhor altura p Deus me usar...
Um beijinho e obrigada pelas orações. São preciosas...